OBRA CARA

Barranco das Irmandades atinge cidade

08/07/2024 00:05 - por Vinícius Severo

Padre Hélvio pede ajuda da Prefeitura

Área do Cemitério da Irmandades em foto de Robispierre Giuliani tirada em 2007 / robispierre giuliani

A queda de parte do barranco do Cemitério das Irmandades que vem se agravando desde o ano passado exige atenção das autoridades públicas de Cachoeira do Sul. Ecônomo da Diocese de Cachoeira do Sul, responsável pelo Cemitério, o padre Hélvio Cândido defende uma união entre Prefeitura, Cemitério e Hospital de Caridade e Beneficência para buscar uma solução ao problema da estrutura. 

Cauteloso, o padre entende que é prematuro dar qualquer prognóstico se mais áreas do cemitério podem vir a desmoronar ou não, já que o último estudo contratado pela Igreja Católica em Cachoeira acabou sendo inconclusivo. Conforme sua estimativa, dos cerca de 85 metros de extensão do cemitério, 12 metros acabaram afetados pelo desmoronamento – destruindo em torno de 160 túmulos, cujos restos mortais que estavam nestas estruturas haviam sido removidos preventivamente. 

OBRA INVIÁVEL 
Em entrevista ao Jornal do Povo, o padre também revelou que em recente reunião com a presença de professores dos cursos de Engenharia da UFSM foi estimado um custo entre R$ 20 milhões e R$ 25 milhões para dar estabilidade para aquela área – orçamento fora da realidade da Mitra. “Imagina que estamos falando de um custo de um novo hospital praticamente”, compara o padre. 


Foto tirada após a última queda do barranco este ano pela equipe da Norte Mídias / NORTE MÍDIAS

ATENÇÃO
O Hospital de Caridade e Beneficência contratou um geólogo para avaliar eventuais riscos do desmoronamento, já que a área afetada é vizinha do estacionamento que fica aos fundos da instituição de saúde. 

IMPORTANTE
Com o problema que afeta o Cemitério das Irmandades, a Mitra Diocesana encaminhou para análise da Secretaria de Meio Ambiente a construção de um novo cemitério. Inicialmente, duas áreas foram apresentadas, mas o Município já antecipou que uma delas exigiria um longo tempo de espera para licenciamento e foi descartada. A outra área, próxima do Parque da Romaria, deve ser analisada pelos técnicos da pasta. 

Faça seu login para comentar!
16/07/2024 00:00

REFORMA

Ponte sem trânsito nos 5 meses finais

Dnit virá a Cachoeira no próximo dia 30

16/07/2024 00:00

SOB CONTROLE

Queda no crime em Cachoeira

Furtos reduziram 38% e estelionato 41% aponta a Secretaria da Segurança

15/07/2024 09:27

CONTEÚDO DO JP IMPRESSO

Academia Cachoeirense de Letras abre vagas

Currículos devem ser enviados para o e-mail acl.cachoeira@gmail.com, até o dia 31 de agosto

15/07/2024 00:06

ANUÁRIO 2024/2025

Cachoeira na ponta do lápis

12ª Edição atualiza todos os números de Cachoeira do Sul

15/07/2024 00:05

78 ANOS

Cultura perde as crônicas de Célia Maria

Patrona da Feira do Livro, Prêmio ARI e indicada ao Açorianos faleceu neste sábado

14/07/2024 15:19

FOTO DO LEITOR

Décadas de espera por calçamento no Bairro Santo Antônio

Trecho da Sílvio Scopel tem valeta

14/07/2024 00:23

Falecimento

Cachoeira do Sul perde a escritora Célia Maria Maciel

Cachoeirense foi um dos principais nomes da literatura, com premiações e homenagens

13/07/2024 00:04

CALAMIDADE

Saque do FGTS para todos em Cachoeira

Pedido de R$ 6.220,00 pode ser feito segunda

13/07/2024 00:03

CORRESPONDENTES DA ACADEMIA

Letras tem mais 36 patronos

Homenagem foi nesta sexta-feira em assembleia

13/07/2024 00:00

EVENTO RÁDIO GVC/JP/REVISTA LINDA

Empodere vem pela 1ª vez até Cachoeira

12/07/2024 16:54

Saúde pública

Inverno lota o hospital em Cachoeira do Sul

HCB opera com 89% de sua capacidade nesta sexta-feira em Cachoeira do Sul

12/07/2024 16:49

Inverno

UPA no sufoco com os dias gelados em Cachoeira do Sul

Média de atendimentos está 25% acima da capacidade ideal