AFASTADO DO APLICATIVO

Motorista nega soco em idoso

13/08/2022 00:05 - por Robson Neves

Marco Porto alega que apenas empurrou e aposentado caiu

Suspenso do trabalho no aplicativo Confiança Mobi após ser acusado de agredir um idoso, o motorista Marco Aurélio Soares Porto, 42 anos, negou que tenha desferido um soco no rosto do aposentado Carlos Roberto de Oliveira Doki, 73 anos, que precisou ser encaminhado na quarta-feira ao Hospital de Caridade e Beneficência (HCB) de Cachoeira do Sul. Ele assegurou que apenas empurrou Doki, acrescentando que o idoso acabou sofrendo uma queda e batendo com o rosto no chão, em uma confusão ocorrida na esquina da Avenida Marcelo Gama com a Rua Bento Gonçalves.

O motorista Marco Aurélio Soares Porto, 42 anos, afirmou que a repercussão da confusão acabou lhe prejudicando. “Não se preocuparam antes de me acusar, julgar e condenar no tribunal da internet”, lamentou Porto. Ele destacou que trabalha desde os 12 anos de idade, sai para trabalhar às 4h e volta para casa após as 21h, fazendo cerca de 800 corridas por mês. “A minha nota como motorista de aplicativo há três anos é 4,99 em uma escala que vai até cinco”, enfatizou Porto. 

“TENHO FAMÍLIA”
Ainda sobre as críticas, ele observou que “não pararam para pensar que eu tenho pai, tenho dois filhos, esposa, família, amigos e que a empresa para qual eu presto serviço é destaque em atendimento, crescimento, muito conhecida e querida na cidade, com milhares de clientes”, acrescentou Porto, justificando não ter antecedente criminal e estar regularizado para trabalhar como motorista de aplicativo. “Agora, estou sem poder trabalhar, sem poder sair na rua, fui acusado, julgado e condenado pelo tribunal da internet. Mas o ônus da prova cabe a quem acusa. Vamos esperar os fatos virem à luz da verdade”, desabafou o motorista.

 

Confiança afastou o motorista 

A direção do Confiança Mobi relatou que o motorista Marco Aurélio Soares Porto, 42 anos, possui cadastro há dois anos e meio para atender pelo aplicativo e foi desligado da empresa até apuração dos fatos. O Confiança observou orientar todos e qualquer prestador de serviço a ter boa conduta no trânsito, mas observou que há situações imprevisíveis.

“Estamos prestando todo o suporte ao senhor e aos seus familiares. É o que podemos fazer neste momento para tentar redimir o ato, mesmo que ele tenha sido ocorrido fora da corrida, já que o senhor estava em via pública, e não dentro do carro”, observou a proprietária do Confiança, Daiane Santos.

 

OS RELATOS
O que aconteceu na quarta-feira

A CONFUSÃO
A confusão ocorreu depois de Porto pedir para um casal e uma criança que estavam sendo transportados descerem do carro, após uma discussão. Ele relatou que o casal pediu para ser levado a uma casa no Bairro Tibiriçá e seguia pela Bento, quando passou a ser xingado por ter errado o caminho. Porto observou que fez o retorno na Bento e que levaria o casal até o destino correto, mas relatou que a mulher passou a gravar um áudio para enviar para a central do Confiança criticando o seu trabalho.

A EXPULSÃO
Instantes depois, Porto parou o carro em um posto de combustível e mandou os passageiros descerem, justificando que eles não estavam sendo educados e que, então, iria acionar a Brigada Militar. Quando a mulher desceu do automóvel, bateu a porta com força para fechar, o que desagradou Porto. O casal, então, atravessou a rua e foi para frente de uma revenda de carros, onde encontrou Doki.

O EMPURRÃO
Neste momento, Porto relatou que saiu do carro e foi até o ponto onde estava o casal. Iniciou, então, uma discussão, e Doki pediu calma. Porto afirmou que pediu para o idoso não se envolver e que logo apareceu um homem com um martelo na mão. “Virou um tumulto. Este senhor tentou me empurrar. Levei a mão para afastar ele e, neste momento, ele caiu. Eu não dei um soco nele”, assegurou Porto, que logo depois foi embora e apenas à noite, horas depois, soube que o aposentado precisou de atendimento médico.

O SOCO 
A versão de Doki é diferente. Ele afirmou que tentou acalmar os ânimos, pois a passageira era uma gestante e acabou levando um soco no rosto, o que provocou a sua queda. Ele sofreu cortes em dois pontos da face, precisando de suturas, e ficou com hematomas na região dos dois olhos, um deles bastante inchado.

 

UMA PERGUNTA
Qual a situação médica do aposentado Carlos Doki?

O aposentado Carlos Roberto de Oliveira Doki, 73 anos, sofreu uma fratura no maxilar e na próxima semana deverá passar por uma avaliação médica para verificar se terá se ser submetido a um procedimento cirúrgico. Na próxima terça-feira, ele deverá comparecer ao posto médico legal para passar pelo exame de corpo de delito, que terá o laudo encaminhado para a Polícia Civil. A ocorrência de lesão corporal foi registrada pela Brigada Militar, e uma cópia do boletim deverá ser repassada nos próximos dias para a Polícia Civil.

Idoso agredido.

Vera Lucia Machado Nunes em 18/08/2022 às 19h45

Putz, por uma causa banal o motorista perde o emprego e o idoso que nem era pra se envolver pode vir a precisar de cirurgia. Ânimos exaltados de ambas as partes mas essa mulher barraqueira é a real culpada. Se aproveitada gravidez pra se fazer de vítima e nem apareceu nas versões pra defender ninguém. Só sei que o motorista sempre foi correto conosco, conheço ele a anos , pena o povo já o ter condenado sem saber a real causa do ocorrido.

28/09/2022 00:05

JÚRI POPULAR

Acusados de morte foram absolvidos

28/09/2022 00:00

GUERRA ÀS DROGAS

Suspeito de tráfico é preso no Santa Helena

27/09/2022 16:55

Justiça

Acusados de morte foram absolvidos pelo júri popular

Tese de negativa de autoria convenceu os jurados

27/09/2022 13:40

Guerra às drogas

Suspeito de tráfico é preso no Bairro Santa Helena

Polícia Civil apreendeu drogas, dinheiro, celulares e carro

27/09/2022 00:02

MORTE EM 2010

Acusados de espancar aposentado vão a júri

26/09/2022 17:09

Justiça

Condenado por tráfico é preso pela Polícia Civil

Pena de oito anos é em regime semiaberto

25/09/2022 16:21

Criminalidade

Bicicleta motorizada é furtada no Bairro Santa Helena

Ladrão invadiu garagem para cometer o crime

25/09/2022 16:19

Criminalidade

Picape é abandonada por ladrão no Bairro Barcelos

Dono deixou veículo aberto com a chave na ignição

24/09/2022 00:00

INVESTIGAÇÃO

Civil recupera caminhão furtado de Prefeitura

23/09/2022 15:03

Investigação

Polícia recupera caminhão furtado de Prefeitura

Veículo estava sendo desmanchado em galpão na BR 153