Blog da Arquiteta

Arquitetura e bem-estar: 5 aspectos que tornam seu ambiente mais saudável

13/09/2022 08:49 - por Luiza Pereira Ribeiro

A arquitetura além de ser uma ciência que cria e constrói edificações, também está relacionada a forma, estética e funcionalidade que influencia diretamente no nosso cotidiano. Dito isso, o bem-estar pode ser uma consequência de estratégias arquitetônicas bem aplicadas nos ambientes em que vivemos ou frequentamos. 

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), nós vivemos certa de 90% do nosso tempo em ambientes fechados, ou seja, vivemos em constante interação com o ambiente físico. Então, nada melhor que tornarmos nosso ambiente mais saudável através dos cinco aspectos a seguir: 
 

1- Priorize a iluminação e a ventilação natural 
Esse é o primeiro passo para a criação de um bom projeto, pois impacta diretamente na nossa saúde. A ventilação natural mantém a troca constante do ar reduzindo gastos energéticos, da mesma forma que previne doenças respiratórias. Já a iluminação natural contribui para um ambiente mais aconchegante, para o conforto visual, além de regular o ciclo biológico e estimular a produção de vitamina D. 

2- Utilize as cores ao seu favor, elas impactam no seu humor
A cor é uma ferramenta poderosa no design, pode trazer diversas sensações para seu ambiente, pois estimula seu sistema sensorial. Para tornar seu ambiente estimulante, utilize cores quentes como o vermelho, amarelo e laranja. De outro modo, para trazer mais tranquilidade utilize cores frias como o azul, verde e roxo.

3- Otimize espaços através da distribuição dos móveis
Ninguém gosta de bater o dedo na quina de um móvel, mas não é só por isso que a organização dos móveis é importante. A sua disposição pode trazer segurança e funcionalidade para o ambiente, além de contribuir para o conforto. Por exemplo, uma maior quantidade de mobília dentro de um ambiente pequeno pode atrapalhar a circulação de ar e de pessoas.

4- Utilize materiais naturais e plantas
Já é comprovado que ao estarmos em contato com a natureza podemos diminuir nossos níveis de estresse e aumentar nossa produtividade. Logo, a maneira mais eficaz de trazermos lembranças da natureza para nossos ambientes é por meio de elementos naturais, como a madeira, pedra e plantas. Também, a presença de uma planta pode auxiliar na qualidade do ar.

5- Aplique com dimensões confortáveis para passagem
Na arquitetura relacionamos as dimensões ao conforto do usuário, podemos trabalhar com uma dimensão mínima de corredor, mas não quer dizer que esta será a mais confortável para você. Em média, é considerada confortável uma passagem de 80 centímetros ou mais para uma pessoa, tanto para corredores ou portas, quanto entre os moveis do seu ambiente. 

Por fim, sugiro um exercício: pense nos ambientes que você mais frequenta e se pergunte se ele te traz boas sensações durante o dia. Caso a resposta for negativa, teste um destes passos e me acompanhe semanalmente que te ajudarei a melhorar a sua qualidade de vida através de mais dicas.