COMO ANIMAR A FESTA

Dia do Vizinho é dia de brincar

19/08/2022 00:05 - por Oneide Teixeira

JP e Sesc selecionam lista de atividades para animar a programação

Então, vizinho, qual é a sua programação para a festa deste domingo? O 47º Dia do Vizinho do Jornal do Povo será uma oportunidade para confraternizar, compartilhar refeições e descontrair. As brincadeiras sempre fizeram parte do evento. Nesta edição, com as dicas do Sesc/Cachoeira, o JP listou uma série de atividades simples e divertidas que poderão animar ainda mais as festas.

“A integração e o lazer possuem um papel relevante no bem-estar e na qualidade de vida das pessoas. Independentemente da idade, o brincar traz benefícios cognitivos, físicos e sociais, desenvolvendo habilidades, como confiança e comunicação”, destacou o diretor do Sesc/Cachoeira, Fábio Silveira, 40 anos. Ele é graduado em Educação Física e em Gestão Pública.

COBERTURA
Todas as comemorações receberão a visita do Jornal do Povo. As imagens serão publicadas em um suplemento especial do JP no dia seguinte ao evento. A caravana de prêmios das empresas parceiras do 47º Dia do Vizinho visitará 10 festas, que serão escolhidas de forma aleatória, sem sorteio.

 

VAMOS AGITAR?
Como animar a sua festa do Dia do Vizinho

BAMBOLÊ
Tem várias brincadeiras que podem ser feitas com o bambolê. Desde bambolear juntos até brincar de rolar um para o outro. A diferença é que o bambolê também tende a rolar dentro de um espaço mais limitado. E é possível manter a distância entre as crianças para brincar.

CORRIDA DO SACO
A corrida do saco é aquela brincadeira que levanta o astral da festa. Para fazer, é simples: basta providenciar sacos de estopa, por exemplo, (vale pedir na padaria ou em outro comércio perto de casa) e distribuir para os participantes. Depois, é só pedir para que os participantes “vistam” os sacos e se posicionem na linha de largada. Ao fim, distribua prendas para aqueles que chegarem em primeiro, segundo e terceiro lugar.

OVO NA COLHER
A ideia é que os jogadores consigam atravessar uma distância pré-determinada, equilibrando um ovo na colher. Mas com um detalhe: o cabo da colher deverá estar na boca. Ganhará a brincadeira quem conseguir terminar o trajeto sem derrubar o ovo no chão. Se quiser evitar bagunça e sujeira, cozinhe o ovo antes. Outra possibilidade é usar bolinhas de pingue-pongue no lugar do ovo.

DANÇA DAS CADEIRAS
Libere espaço e distribua as cadeiras, formando um círculo. Para que a brincadeira dê certo, o número de cadeiras deverá ser menor que o número de participantes. Ou seja, se 10 pessoas forem participar da brincadeira, você deverá colocar apenas nove cadeiras no espaço. Em seguida, coloque uma música bem dançante para tocar e peça para os jogadores andarem ao redor das cadeiras, com as mãos para trás. Na hora que a música parar, eles deverão se sentar. Quem não conseguir sentar, sairá da brincadeira e levará uma cadeira junto. Ganhará quem conseguir sentar na última cadeira.

BINGO
Essa brincadeira supertradicional também é uma boa pedida para descontrair e divertir os vizinhos. Para fazer o bingo, você deverá ter em mãos cartelas e bolinhas numeradas e um saco ou globo para misturar as bolinhas. Durante o sorteio, quem preencher a cartela primeiro, será o vencedor.

CORRIDA DE TRÊS PÉS
A corrida de três pés também é garantia de risadas e descontração. Para fazer a brincadeira, você precisará dividir os participantes em duplas. Em seguida, amarrar a perna direita de um dos participantes na perna esquerda do outro. Eles ficarão unidos, como se realmente tivessem três pernas, e deverão caminhar ou correr juntos, sem cair. Depois, é só dar a largada. A dupla que chegar primeiro será a vencedora. 

CABO DE GUERRA
Não existe limite de participantes nem de idade. Todo mundo consegue brincar junto. Para fazer o cabo de guerra, você precisará de apenas uma corda resistente. Depois, divida os participantes em duas equipes e faça uma linha no chão para determinar a área de cada uma.

DANÇA DA LARANJA
A dança da laranja é um clássico. Muito simples e fácil de fazer, essa brincadeira exige apenas laranjas e uma música bem animada. Divida os participantes em duplas e peça para eles equilibrarem uma laranja entre suas testas. Eles deverão dançar assim, sem deixar a laranja cair no chão.

Faça seu login para comentar!
22/06/2024 00:02

DADOS DESATUALIZADOS

3.055 famílias não usam tarifa social da luz

Descontos podem chegar a 65%

21/06/2024 14:53

Transtorno da chuva

Rede de drenagem não funciona e sede da Ucapoci é alagada de novo

Sede havia passado por limpeza, trabalho que durou dois dias

21/06/2024 13:50

Muita chuva

Enchente tira duas famílias de casa nesta sexta-feira no Bairro Cristo Rei

Sete pessoas foram levadas para o abrigo na Paróquia Santo Antônio

21/06/2024 13:06

Conteúdo do JP impresso

Metalúrgicos definem pedidos de reajustes salariais

Duas categorias vão encaminhar propostas a patrões

21/06/2024 00:06

CAMPUS DE CACHOEIRA

Lula manda 5 milhões para UFSM

Recurso foi liberado via PAC Universidades para novos laboratórios

21/06/2024 00:03

25 ANOS DE CAMPANHA

2.942 Quadradinhos de Amor

Ontem foi o dia da entrega das mantas prontas do Sesc/Cachoeira

20/06/2024 17:00

TRADICIONALISMO

Aplausos neste sábado para CTG Lanceiros e DTG Getúlio Vargas

Festa de aniversário será animada por Cristian Roger

20/06/2024 00:06

MUITA ÁGUA

Chuva causa novos estragos

Drenagem sofreu colapso e buraco engoliu viatura no pátio da polícia

20/06/2024 00:04

PREFEITA É TESTEMUNHA

CPI da Saúde convoca Angela

Vereadores querem ouvir de novo auditora e chamam presidente do Consórcio

19/06/2024 20:22

Muita chuva

Defesa Civil remove família por causa da cheia no Bairro Cristo Rei

Quatro pessoas foram para o abrigo na Santo Antônio

19/06/2024 17:34

Muita chuva

Rio Jacuí enche e preocupa no Bairro Cristo Rei

Nível está três metros acima do normal em Cachoeira do Sul

19/06/2024 15:08

TURISMO

Radar Turístico apresentou resultados à comunidade

Através de um diagnóstico estratégico foram identificados os pontos fortes e fracos nas estruturas e serviços que atendem aos turistas que aqui chegam