Quatro motivos explicam porque cachorro gosta de ficar no sol

05/03/22 às 09h10



Acredita-se que os cães gostem de sentir o corpo levemente aquecido pelo sol durante o cochilo. No entanto, cientistas especulam que existem diversos outros bons motivos para explicar porque cachorro gosta de ficar no sol.

1. Absorção de vitamina D
Assim como acontece com seres humanos, o organismo dos cães sintetiza vitamina D a partir da luz solar. Uma das vitaminas lipossolúveis é armazenada no tecido adiposo e é fundamental para a absorção de cálcio e de fósforo. Por isso, é importante para evitar problemas ósseos, como a osteoporose canina.

2. Alívio de dores musculares e articulares
Quem sofre de reumatismo sabe que as dores costumam piorar nos dias frios. Com o cachorro não é diferente. Isso ocorre porque, com a queda das temperaturas, os músculos ficam mais contraídos, sobrecarregando as articulações. 
Além disso, o líquido sinovial presente nessas estruturas se torna mais viscoso com o frio, o que aumenta a rigidez do local.
 
3. Proteção parcial contra ácaros
Como conselho para quem tem rinite, diz a sabedoria popular que faz bem sacudir os lençóis e deixá-los um pouco no sol para afastar os ácaros. De fato, este e outros parasitas, como pulgas e algumas bactérias, não gostam de receber a luz direta do sol.
Por isso, outra maneira de entender porque cachorro gosta de ficar no sol é a prevenção de doenças, como a sarna. Mas só parcialmente! Para manter seu amigo realmente protegido, consulte um veterinário para dicas mais específicas.

4. Liberação de serotonina e regulação do sono
Alguns estudos sugerem que passear com cachorro no sol por alguns minutos por dia pode ajudar na liberação de serotonina. Neurotransmissor sintetizado no Sistema Nervoso Central, ela ajuda na sensação de bem-estar, diminuindo a ansiedade e a depressão.

Outra substância associada aos banhos de sol, a melatonina é um hormônio derivado da serotonina, que ajuda a regular o sono. Sendo assim, por se sentirem bem, essa se torna uma das razões porque cachorro fica no sol.

Tomar sol é bom, mas é preciso seguir alguns cuidados!

Os banhos de sol caninos podem trazer diversos benefícios. Contudo, em excesso e em horários inapropriados, eles aumentam o risco de câncer de pele e de queimaduras. A seguir, veja alguns cuidados essenciais que garantem a segurança do cachorro no sol:

•    cachorro precisa tomar sol. Porém, os horários mais quentes do dia, entre 10h e 16h, não são bons para a saúde dele;
•    use protetor solar nas áreas de menor densidade capilar, como região dos olhos, orelhas, focinho, barriga e risca da coluna;
•    controle a duração dos banhos de sol. Banhos muito longos em dias muito quentes aumentam o risco de hipertermia. Tome cuidado principalmente com o cachorro no verão.

25/06/22 às 09h00

Pet tem puerpério?

Principais cuidados no pós-parto de cadelas e gatas

06/06/22 às 14h15

6 curiosidades sobre os gatos

18/04/22 às 09h10

5 odores que gatos detestam

09/04/22 às 10h25

Cuidados com a alimentação dos Pets durante a Páscoa

Chocolates e doces são mais que bem-vindos durante a Páscoa, mas com os pets a história é diferente.