A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele?

19/02/22 às 08h35



Veja o que a ciência tem a dizer!

Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso). É isso mesmo: a cor da pelagem de gatos pode ter relação com o seu temperamento, e existem até pesquisas que comprovam isso.

Cores de gatos: o que determina a coloração dos pelos dos felinos?
Para entender como a cor do gato é formada, é importante lembrar de alguns conceitos de biologia, como melanina e genes. A melanina, resumidamente, é a proteína responsável pela pigmentação dos pelos do gato. Isso é definido, por sua vez, com base na quantidade de eumelanina e feomelanina (dois componentes essenciais para a coloração). Enquanto a eumelanina produz cores como o castanho e o preto, a feomelanina assume a produção dos tons de vermelho. A mistura dessas cores também pode desencadear outros tipos de pelagem, como o gato cinza, creme, chocolate ou laranja.

A informação genética da melanina fica contida nos genes X do animal. Aqui vai uma colinha: o gene é o segmento de uma molécula de DNA onde várias informações genéticas ficam armazenadas - como a cor da pelagem dos gatos -, caso você não se lembre.

Já a coloração branca pode aparecer de três maneiras: por meio do gene branco, do gene de manchas brancas ou do gene do albinismo. Se um gatinho tiver gene branco ou albino, ele será inteiramente branco. No entanto, se ele tiver o gene de manchas brancas, pode ser um gato bicolor, por exemplo. Exemplos disso são o gato preto e branco (o frajolinha), o gato amarelo e branco, o gato cinza e branco ou até o gato branco e marrom.

Será que dá para saber qual é o sexo de gato fêmea e macho baseado exclusivamente nas cores do animal? Bom, a resposta é: depende. Lembra que a gente falou que a informação da cor do gato fica armazenada no cromossoma X? Então, outro ponto importante é que os machos tem os genes XY e as fêmeas tem os genes XX. Por uma questão de probabilidade, é muito difícil existir um gato preto e amarelo que seja macho, por exemplo. Como o gene X só consegue guardar a cor preta ou a cor amarela - e não as duas juntas -, o macho não pode apresentá-las simultaneamente porque ele é XY, enquanto as fêmeas são XX (consequentemente, podem ter as duas cores ao mesmo tempo).

Isso também quer dizer que um gato tricolor (gato preto, branco e amarelo) tende a ser fêmea, e não macho. Mas então todo gato tricolor ou gato escaminha (gato preto e amarelo) é fêmea, então? A resposta é não! Se apresentar uma anomalia genética chamada Síndrome de Klinefelter, o gato macho nasce com um cromossoma a mais (XXY). Nesse caso, ele pode apresentar as cores mencionadas acima, mas é muito raro de acontecer.

Outra historinha que muita gente conta por aí é que os gatos laranjas sempre são machos. A explicação para isso também está no DNA dos felinos. Para ter a cor totalmente alaranjada ou amarelada, é necessário que a fêmea possua um gene específico nos dois cromossomas X. Os gatos machos, por sua vez, precisam apresentar o gene no único cromossoma X que eles têm, o que torna o processo muito mais fácil.

Estudo afirma que há evidências entre o pelo de gato e a sua personalidade
Um estudo da Universidade da Flórida e Califórnia, nos Estados Unidos, mostrou evidências de que, baseados em observações de diversos tutores, a cor da pelagem de gatos tem muito a ver com sua personalidade! Foi possível chegar a essa conclusão após uma pesquisa online anônima realizada pela universidade para avaliar as percepções humanas sobre os felinos de acordo com a cor dos seus pelos.

Nessa pesquisa, os tutores deveriam atribuir 10 termos a 5 gatos com cores diferentes (laranja, tricolor, branco, preto e bicolor). Os termos, por sua vez, eram: ativo, indiferente, ousado, calmo, amigável, intolerante, tímido, teimoso, tolerante e treinável. Em cada termo, era possível determinar os níveis referentes às cores do gato com base na escala Likert, que funciona como uma espécie de classificação. Exemplo: de 0 a 5, o quanto você considera que um gato bicolor preto e branco é amigável? E assim por diante.

Os pesquisadores, por fim, observaram que muitos tutores com gatos da mesma cor relataram características semelhantes, como amor, amizade, indiferença e agressividade. Com base nisso, foi possível perceber que sim: a cor do gato pode refletir no seu comportamento, o que abriu porta para outros estudos sobre a personalidade de cada pet.

Qual é o significado da cor dos gatos?
Além de saber que a personalidade dos gatos se manifesta pela cor da pelagem, muita gente também se questiona qual o significado das cores dos gatos do ponto de vista místico e energético. Confira abaixo o que cada cor representa:

Gato preto: significado está associado à proteção e purificação do ambiente.
Gato branco: significado está associado ao poder de cura, equilíbrio e alívio de estresse.
Gato rajado: significado está associado à sorte, otimismo e energia positiva.
Gato cinza: significado está associado à estabilidade, paz e tranquilidade.
Gato laranja: significado está associado à prosperidade, criatividade e autoestima.
Gato bicolor: significado está associado à amizade e sabedoria.
Gato tricolor: significado está associado ao poder feminino, proteção e sorte.
Gato escaminha: significado está associado à poderes místicos, proteção e cura.
Gato preto: o medo é um mito, pois ele é só amor!

O estudo é claro: essa história de que gato preto dá azar é só mito mesmo! Na verdade, o comportamento desses bichanos pode ser realmente surpreendente. Os gatos pretos têm maior tendência a ter um comportamento manso e tranquilo, além de serem amáveis, confiáveis e tranquilos. Esses gatinhos também gostam muito de brincar e ter os tutores por perto, mas são desconfiados e intuitivos. A capacidade de perceber perigos ao redor - e tentar alertar seu seu dono, na maioria das vezes - talvez explique a má fama de “azarados”. Mas, na realidade, ter um gato preto em casa com certeza é sinônimo de sorte, porque esses animais são muito mais do que nós podemos perceber.

As raças de gato preto podem ser variadas. O Persa está nessa lista, assim como o Maine Coon, gato Angorá e o Bombaim. Além disso, se a ideia é adquirir um gato preto, raça nem sempre é o mais importante. Existem vários vira-latinhas por aí com esse padrão de pelagem procurando por um lar. Então, quem sabe você não consegue encontrar um gato preto peludo ou até mesmo um gato preto de olho azul?

25/06/22 às 09h00

Pet tem puerpério?

Principais cuidados no pós-parto de cadelas e gatas

06/06/22 às 14h15

6 curiosidades sobre os gatos

18/04/22 às 09h10

5 odores que gatos detestam

09/04/22 às 10h25

Cuidados com a alimentação dos Pets durante a Páscoa

Chocolates e doces são mais que bem-vindos durante a Páscoa, mas com os pets a história é diferente.