Inter abre dois gols, mas cede o 2 a 2 ao Sport pelo Brasileirão

O Inter abriu dois gols de vantagem, não segurou o placar e cedeu o 2 a 2 ao Sport na estreia no Brasileirão 2021, ontem, no Estádio Beira-rio.

Para a arrancada, o técnico Miguel Ángel Ramirez optou pelo 4-3-3, com Yuri Alberto como referência no ataque e Caio Vidal desbancando Palacios. Lindoso foi a novidade no lugar do lesionado Rodrigo Dourado.

O Inter pressionou desde os primeiros minutos. Aos cinco, Maurício parou em Maílson. Aos oito, Moisés roubou a bola na entrada da área, mas chutou por sobre o gol.

A pressão deu resultado aos 15. Caio Vidal foi tocado na área por Sander. Edenilson cobrou o pênalti e marcou 1 a 0.
Depois do gol, o Inter parou de atacar. O Sport era limitado nas ações ofensivas. Foi assustar só aos 35. Após cobrança de falta, Marcelo Lomba fez grande defesa em cabeçada de Thiago Neves e no rebote evitou o gol de Rafael Thyere.

O Inter pressionou e ampliou o placar. Aos 42, Maurício chutou desviado na zaga. Na cobrança de escanteio, Rodrigo Lindoso, de cabeça, marcou 2 a 0.

O Sport voltou para a segunda etapa com André e Marquinhos em busca de força ofensiva. O Inter seguiu melhor. Aos oito, Yuri Alberto mandou a bola na trave.

Diminuiu
O Sport descontou aos 14, após a bola bater no braço de Maurício. Thiago Neves cobrou o pênalti e fez 2 a 1.
Praxedes substituiu Edenilson e obrigou Mailson a fazer boa defesas aos 30 minutos.

O Sport então decidiu se soltar para o ataque. Aos 38, Maxwell entrou livre e chutou para fora. A pressão pernambucana deu resultado aos 40. André ficou livre para marcar 2 a 2. Precisou esperar alguns minutos para comemorar o empate com o auxílio do VAR.

Ainda teve reclamação aos 50. Patrick cruzou, a bola bateu na trave e a arbitragem marcou tiro de meta quando Thiago Galhardo ficaria livre para finalizar, na chance final para o Inter não tropeçar na estreia e não ver aumentar ainda mais a pressão da torcida sobre treinador e jogadores pelas más atuações, com três empates seguidos.

Inter (2): Marcelo Lomba; Saravia, Lucas Ribeiro, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Nonato) e Taison (Patrick); Caio Vidal ((Palacios), Yuri Alberto (Thiago Galhardo) e Maurício (Praxedes). Técnico: Miguel Ramírez.

Sport (2): Maílson; Hayner, Rafael Thiere, Sabino e Sander (Marquinhos); Marcão, Ricardinho e Júnior Tavares e Paulinho Moccelin (Maxwell); Thiago Neves (Gustavo Oliveira)e Mikael (André). Técnico: Umberto Louzer.
Árbitro: Vinícius Araújo.

Mais Notícias

16/06/21 às 17:15h Esporte

Novo Cabrais chega a 500 casos de covid-19

16/06/21 às 00:00h Esporte

CR7 com recordes

16/06/21 às 00:00h Esporte

Vai dar liga?