Blog dos Livros

Para pensar o Brasil

23/09/2022 09:05 - por Mildo Fenner

”Maquiavel, a  democracia   e o Brasil” (Editora Estação Liberdade, 160 páginas, R$ 52,00), de autoria de Renato Janine Ribeiro, apresenta, a partir de referências históricas  e atuais, da ciência política e das artes trágicas,  um panorama  sobre como pensar  a ação política e o Brasil.

Utilizando-se, especificamente, dos conceitos de Maquiavel, fortuna e virtude, Renato Ribeiro analisa alguns fatos  ocorridos nos principados italianos, a começar pela Florença de Maquiavel, para, posteriormente, se debruçar sobre a dinâmica  de poder com os representantes do Executivo na Nova República (de 1985, com Sarney, até o governo Bolsonaro). Ora estará em cena a fortuna, ora a virtude,  e  será um jogo interessante a proposta de se ver quais presidentes ascenderam e se mantiveram no poder pela primeira ou pela segunda.

Em   todos os casos apresentados, há  uma base comum que os assemelha: a  legitimidade. Independente do regime,  todo líder necessita dela, mas como mantê-la em uma democracia,  onde há alternância dos líderes em um curso período de tempo, é um problema cada vez mais complexo.

Desta forma, o professor   de  filosofia política e autor de ampla obra sobre o assunto mostra ao leitor a enorme contribuição dada pelo florentino  e como ela permanece relevante para  se refletir sobre a idiossincrática atualidade  de nossa nação.

Segundo diz o editor do livro na apresentação, “confluem aqui Maquiavel e o Brasil de hoje para celebrar algo como o antípoda da ética pública, no que não deixa de constituir um sólido alerta sobre os  descaminhos dessa nação,” acrescentando que “o autor oferece uma análise sobre quais presidentes pós-redemocratização ascenderam graças a méritos próprios, a virtude, ou por meio dos acasos  de nossa vida pública.”

Renato Janine Ribeiro é professor titular de ética e filosofia política na Universidade de São Paulo, na qual se doutorou após defender  mestrado na Universidade  de Paris, França.  Tem-se dedicado à análise de temas como o caráter teatral da representação política, a ideia de revolução, a  democracia, a república e  a cultura  política brasileira.  Foi  ministro da Educação  no governo  Dilma Rousseff e, em 2021, eleito presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. 

Entre suas obras destacam-se “A sociedade contra o social: o alto custo  da vida pública no Brasil” (2000, Prêmio Jabuti  de 2001) e “A boa política: ensaios sobre a democracia  na era da internet” (2017), “A pátria  educadora em colapso” (2018) e “Duas ideias filosóficas e a pandemia” (2021).

Trecho:
“Clamam    por    quem    os tutele. Elegem um tutor e, quando dá errado,  pedem socorro a outro, geralmente  pior.  Há um círculo vicioso  da  autoinfantilização, da desresponsabilização  de si. É como se os cidadãos  se dissessem  inimputáveis.”
(página 64)
 

QUESTÃO DA NEGRITUDE   
A Editora Record está anunciando  uma nova edição de “Um defeito de cor,” livro da escritora brasileira Ana Maria Gonçalves lançado em 2006, considerado uma das mais representativas obras  da literatura brasileira quando se discute a questão da negritude. A Editora preparou um novo projeto gráfico, propondo também um roteiro visual do livro. 
 

INDEPENDÊNCIA EM DETALHES     
Fruto     de    uma    extensa  pesquisa  feita pelo diplomata e historiador Helio Franchini Neto, ”Redescobrindo a Independência” (Editora Benvirá, 384 páginas, R$ 59,90) conta em detalhes os conflitos políticos, as operações militares e  as  batalhas sangrentas que marcaram o início da trajetória do Brasil como nação. Depois de 200 anos, nunca é tarde para quebrar mitos, desvendar fatos e conhecer melhor o passado do país. 
 

Leituras:
“A única coisa que não se deve curvar ao julgamento da maioria é a consciência de uma pessoa.”
(Harper  Lee  (1926-2016), escritora norte-americana, ganhadora do Prêmio Pulitzer de Ficção em 1961, pela obra  “O sol é para todos,” que se tornou um clássico da moderna literatura ao lidar com a irracionalidade das atitudes dos adultos nos anos 1930, vista pelos olhos de duas crianças).
 

Destaques:

A JANELA DO CASTELO


Autor:
Ricardo R. Alves   

Este é o primeiro  livro da trilogia  espírita  “Repercussões  de Outrora,” composta  por mais duas obras: “Entardecer no Pampa” e “As Palmeiras de Ubá.” “A janela do Castelo”  passa-se na segunda metade  do século XVIII, na cidade de Lyon, na França, e inicia-se com a mudança  de um rico casal de comerciantes para um dos mais imponentes castelos  da região. Carioca, nascido no Bairro de Botafogo,  Ricardo Ribeiro Alves formou-se em Administração, morou na Espanha  e  atualmente é professor no Rio Grande do Sul. Como escritor,  publicou, além de trilogia, livros sobre Administração e Sustentabilidade Ambiental. 
Editora Artera Editorial.  403 páginas.    

             
ATITUDE EMPREENDEDORA     


Autor: Larry C. Farrell

Reunindo as pesquisas  mais recentes  do autor,  maior autoridade do mundo no ensino de empreendedorismo, e o conhecimento  acumulado de 100 anos de existência da Junior Achievement,  organização sem fins lucrativos, este livro oferece  lições consideradas valiosas para quem deseja empreender. Inspirado em gênios dos negócios, como Walt Disney e Steve  Jobs, Farrell define as quatro práticas fundamentais  dos melhores empreendedores: senso de missão, visão integrada de clientes e produtos, inovação em alta velocidade e comportamento  automovido. 
Editora Sextante.  351  páginas. R$ 39,90.             

(As obras apontadas  no Blog dos Livros podem ser encontradas   junto à Revistaria e Livraria Nascente,  na Rua Saldanha Marinho,   1423, Cachoeira   do Sul) 

                         

      

09/09/2022 08:42

Mulheres entre luz e sombra

02/09/2022 09:13

Debates sobre o sionismo

19/08/2022 09:10

Super-heróis diferentes

12/08/2022 08:50

Relações com afeto

05/08/2022 09:10

Reinventando regras

29/07/2022 08:55

Decisões no mundo de hoje

22/07/2022 08:45

Diálogo por cartas

15/07/2022 08:15

Reconhecendo fenômenos

08/07/2022 08:45

Um clássico atualizado

01/07/2022 09:00

Uma mulher excepcional