Blog dos Livros

Incentivo às artes no brasil

01/03/2024 09:41 - por Mildo Fenner

Depois da primeira publicação, em 2001, as Edições Sesc lançaram no final do ano passado  a nova edição de “Romance de formação: Funarte e política cultural” (288 páginas, R$ 62,00), da escritora Isaura Botelho, em um momento  em que a política cultural reconquista  espaço e relevância nas ações governamentais, após um período de profunda negligência e sucateamento.

Baseado em pesquisa e  na experiência da autora na implantação de frentes amplas de incentivo às manifestações artísticas  brasileiras, o livro analisa o período que vai desde a  criação  da Funarte, ainda durante a ditadura militar,  até a redemocratização do país. Enfatizando os debates  entre diferentes visões do campo da cultura, a obra segue atual  e  reflete  como as ações do passado podem indicar saídas para os desafios do futuro. 

No texto inserido  na obra atualizada,  Isaura Botelho segue com a análise  sobre a condução das políticas  culturais no país, a partir de 1996, durante os governos  de Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma  Rousseff, Michel Temer e Jair Bolsonaro. Entre os principais  pontos abordados  estão a  defesa pela criação do Sistema Nacional de Cultura, a luta pela permanência do Ministério da Cultura com o movimento “Fica MinC” e pela aprovação  emergencial da Lei Aldir Blanc em meio ao vazio institucional no último governo federal. No decorrer de seus apontamentos, a autora ainda contextualiza os rumos tomados pela Funarte  nas últimas décadas e conclui destacando a necessidade  atual de construção de alternativas para as estruturas  institucionais culturais destruídas ao longo do tempo.

No prefácio do livro, o ator e  diretor de teatro Bernardo Mata-Machado afirma que a  reedição da obra é mais que oportuna por reunir elementos úteis à reconstrução da política pública de cultura no nível federal e  finaliza destacando que “a obra de Isaura Botelho  possui uma característica rara em teses acadêmicas: a linguagem é leve, original e  de fácil compreensão,  o que faz de sua leitura  um ato tão prazeiroso quanto o desfrute de um bom romance.”

Isaura Botelho é graduada em Literaturas Vernáculas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestre em Comunicação pela UFRG e doutora em ação cultural  pela Univesidade de São Paulo. Tem ainda cursos de especialização e pós-doutorado na França. Autora, entre outros escritos, do livro “Dimensões da cultura: políticas culturais e  seus desafios” e “Modelos de financiamento da cultura: os casos do Brasil, França, Inglaterra, Estados Unidos e Portugal.”

Trecho:
“Uma das formas utilizadas pelo regime autoritário brasileiro para frear o controle de governadores, prefeitos e políticos locais foi propor uma política fiscal centralizada,  mantendo em suas mãos  um poder fundamental de chantagem e pressão. Dessa forma,  com seus recursos sob controle federal,  estados e municípios passaram a  depender  dos órgãos federais, inclusive na área da cultura. A Constituição de 1988 alterou esse quadro com a Reforma Tributária, embora tenha mantido patamares ainda insatisfatórios  do ponto de vista dos estados e municípios, que se recusam, em muitos casos, a assumir as responsabilidades correspondentes.”
(página 49)

RECEITAS NA  COZINHA
“Na cozinha”  é o primeiro livro da chef Juliana Gueiros, em que compartilha receitas práticas e deliciosas que a tornaram referência para milhares de seguidores nas redes sociais durante a pandemia. Com seus mais de 200 mil seguidores no Instagran, Juliana  compartilha receitas descomplicadas, transformando   o amor pela comida em um propósito de vida.

CRIANÇAS NA GUERRA 
Neste momento em que a Guerra da Ucrânia está completando dois anos,  uma visão única é dada  para um grupo especialmente vulnerável: as crianças. No livro “As crianças dos ataques aéreos,” da ativista Larysa Denysenko, a história  vai além das manchetes do noticiário de guerra revelando uma violência extrema na vida dos mais jovens. São histórias impactantes de menores, cada um enfrentando desafios únicos, como identificar tipos de mísseis até cuidar de familiares feridos e idosos. O objetivo da obra, porém é mostrar que, apesar de todos os horrores,  as crianças podem se tornar símbolos de sorrisos e  esperanças no futuro.

Leituras:
“Não existe falta de tempo, existe falta de interesse. Porque quando a  gente quer mesmo, a madrugada vira dia. Quarta-feira vira sábado e um momento vira oportunidade.” 
(Pedro Bial, nascido no Rio de Janeiro em 29 de março de 1958,  é   apresentador  de televisão, jornalista, ator, escritor, cineasta e poeta brasileiro). 

Destaques:
O MELHOR AINDA ESTÁ POR VIR 
       


Autor: Rudi Joas

Pessoas idosas já passaram por muitas experiências. Muitas transformações na sociedade e no ritmo  de suas vidas tiveram que ser assimiladas. Por isso elas merecem profundo respeito e  reconhecimento. O chamado “outono da vida”  pode transcorrer cheio de significado e feliz. E uma profunda harmonia interna, uma conduta agradecida e  satisfeita, é alcançada através  de um relacionamento pessoal com Deus. Este livro apresenta artigos com temas  para pessoas idosas.
Editora  Concórdia.  59  páginas. 

O LIVRO QUE MUDOU A MINHA VIDA   


Organizador: José Roberto de Castro Neves

Neste livro, nomes importantes do meio intelectual  e artístico  brasileiro revisitam as grandes obras de suas vidas para,  em uma mistura de memória e emoção, prestar um tributo à força  transformadora dos livros. O autor é advogado militante,  doutor em Direito pela Universidade do Rio de Janeiro, professor  de Direito Civil da PUC-Rio e da FGV-Rio.  Publicou e organizou diversas obras  sobre história, direito e literatura.
Editora Nova Fronteira. 239 páginas. R$ 49,90. 

(As obras apontadas  no Blog dos Livros  podem ser encontradas   junto à Revistaria e Livraria Nascente,  na Rua Saldanha Marinho,   1423, Cachoeira   do Sul) 

Faça seu login para comentar!
05/04/2024 10:21

Fantasia épica

28/03/2024 17:25

O poder da humildade

22/03/2024 11:20

Os maiores shows de música

15/03/2024 10:41

Tudo é política

23/02/2024 09:54

O melhor de cada um

16/02/2024 08:59

História familiar

09/02/2024 09:26

Percepções para o amor

02/02/2024 09:39

Escuridão da floresta

26/01/2024 09:45

Entre prosa e fotografia

19/01/2024 10:20

Cardume de poemas