Poemas com astrologia

09/02/22 às 08h40



Astrologia é a arte da observação. Não é ciência nem ficção. A astrologia tem a premissa basilar de servir como conexão entre a natureza e o intrínseco humano. Na antiguidade, o conhecimento místico ou esotérico era tão respeitado e preservado que a figura do astrólogo era reputada como conselheiro dos reis. Simbolicamente representava o espelhamento entre o céu e a terra. Nas artes e na literatura de um modo geral, há um valor cultural que merece e precisa ser resgatado e difundido, desde o poema “A benção de Nisaba”  até a página de poesia no Instagram da jovem poeta Clara Gabriela onde a mesma faz mapas astrais em formato de poesia. Poesia natural e naturalista. Poesia dos elementos. Poesia que reflete e aborda os mistérios da vida. Conceitual. 

Astrologia
Astrologia é simplesmente atentar-se
Para os simbolismos do espaço
Destino hoje coincide, com acaso
Estamos desconectados do que se passa
Então, chamamos de meros sincronismos
E comercializamos isso
Vendemos nossa história
Nos separamos de quem está ao nosso lado
Para assim, explorar ao máximo o que achamos necessário e rentável
Até chegar a hora que a própria natureza explode
Enfim... teremos de voltar para os primórdios 
Pé descalço, simplicidade ... e olhos virados para o cosmo.
Clara Gabriela
Instagram@astropoetisa

\

\

FEITIÇO DE AMOR
Quando o cupido me flechou
No teu olhar cor do mar, me perdi
Pra conquistar teu amor, fiz promessa e simpatia
Recorri a todos os guias.
Tomei banho de rosa e mel
Joguei cartas e búzios, pedi as estrelas do céu
Deixei até uma cigana ler minha mão
Foi então que descobri
Que já era meu teu coração...
Noite e dia, cada vez mais te queria
Neste feitiço de amor, a enfeitiçada fui eu
Para mim, nada mais existia
E tudo o que mais queria
Era estar sempre com você...
Nedi R. Gaske

Olhar de Ametista
Na chegada do poente 
o despertar do resiliente. 
Olhar de ametista,
reflete a realidade 
como pintura de artista. 
Ser contemplante
ama infinito, 
 um instante. 
Asas com distinto propósito,
ao invés de voar, protegem no afeiçoar.
Sofia Veiga

Moça Mística
Ela acorda cedo
Acendo incensos e velas
Recita preces mantras
Que a velha rezadeira ensinou...
Enfeita a casa e molha as plantas
Perfuma a cama
Com lavanda e alecrim
Prepara um chá mágico
Deixa uma maçã para as fadas
Entre as flores do jardim...
Ela conversa com as árvores
Com os pássaros
Coleciona pedras, coloridos cristais
Entoa canções das mulheres
Que em sua vida são ancestrais
Reverenciado a colheita
O plantio e a semente
Dos seres elementais...
O tempo para ela é mais lento e feliz
Pois entendeu o significado
Hora ser semente, fruto, flor e folha
No entardecer do tempo
Com o chegar da sabedoria 
Plantar-se na terra
Pois cumpriu sua missão
E volta a ser raiz
Que sustenta toda a vida
E da vida é matriz!
Mara Garin

TROVAS AOS ORIXÁS 
Fiz Trovas para louvar
 aos Orixás, com ternura, 
que nunca deixam faltar 
bênção e amor com fartura.
Jaqueline Machado

Eu bendigo a luz divina 
e essas manifestações... 
Zambi, que com disciplina 
deu vida as constelações. 
Jaqueline Machado

Iansã, Senhora dos Ventos, 
os teus raios são de luz... 
Dona dos meus sentimentos: 
o teu amor me conduz...
Jaqueline Machado

Aquariana
Sou aquariana
Nascida em fevereiro 
Sou sonhadora
Teimosa
Sentimental
Sou rebelde
Quero me mostrar forte
Pra não demonstrar fraqueza 
Sou carinhosa 
Mas não gosto de grude
Gosto de ter minha privacidade
Sou criativa
Essa sou eu
Aquariana
Camila Rosa Matos 

Dor e alegria
Quem vê o externo 
O sorriso 
Não sabe do interno 
O choro 
Quem vê o externo 
Vê o belo 
Quem vê o interno 
Vê o feio 
A luz que resplandece
Não mostra a escuridão que assola 
As antíteses da vida 
Se confundem 
Na esperança que a magia 
Da transformação aconteça 
E transforme toda dor em alegria.
Rosana Ortiz

22/06/22 às 09h50

Glauber Vieira Ferreira

15/06/22 às 08h50

Academia Cachoeirense de Letras

08/06/22 às 10h55

Fotopoemas

25/05/22 às 08h40

Milton Avena Rauber

18/05/22 às 17h05

José Carlos Capinam

11/05/22 às 09h10

Dércio Braúna

04/05/22 às 13h40

João Paulo Paes

20/04/22 às 09h11

Gonçalino Fagundes

13/04/22 às 08h48

Lygia Fagundes Telles

06/04/22 às 08h30

O profeta, de Khalil Gibran