Reinventando regras

05/08/2022 09:10 - por Mildo Fenner



De um serviço de locação de DVDs por correio a uma superpotência de streaming, em  pouco mais de vinte anos a Netflix se tornou  um dos maiores nomes das indústrias de mídia, tecnologia e  entretenimento  do mundo. Com mais de 180 milhões de usuários em 190 países e uma receita anual de bilhões de dólares, a empresa desafiou  tradições e expectativas  com sua filosofia corporativa nada convencional, causando uma verdadeira revolução.

Mais do que uma gigante da indústria cultural, a Netflix instituiu  um modelo de negócios diferente de todos os outros.  Lá, o trabalho  árduo é irrelevante, os salários têm as melhores cifras  do mercado  e os funcionários podem tirar  quantos dias de férias quiserem, não precisam pedir aprovações de despesas e são incentivados  a dar feedbacks com o máximo de sinceridade  o tempo todo, até  para os próprios chefes. E a parte mais incrível é que tudo isto funciona.

Em “A regra é não ter regras –A Netflix  e a  cultura da reinvenção” (Editora Intrínseca, 341 páginas, R$ 39,90), os autores Reed Hastings e Erin Meyer  falam sobre a  cultura que transformou a marca em um exemplo inigualável  de criatividade  e adaptação.  A partir de centenas de entrevistas com  funcionários da Netflix, antigos e atuais, e  de relatos sobre as grandes vitórias  e os erros terríveis nunca antes compartilhados, os autores explicam como os princípios  radicais e controversos da empresa promoveram a  flexibilidade, a  velocidade e a ousadia  necessárias para tornar a   Netflix um império de inovação  e sucesso global. Reed e Erin  apresentam os bastidores de uma empresa que dominou as premiações, as ruas e  o imaginário de milhões de pessoas.

Reed Hastings, empresário e filantropo, professor voluntário, presidente do Conselho de Educação do Estado da Califórnia   e integrante de diversos outros cargos,  fundou a Netflix em 1997. Até  hoje é CEO e presidente. Erin Meyer é professora da INSEAD,  uma das mais conceituadas instituições  de ensino de negócios  do mundo.  Em 2019, foi indicada  pela lista Thinkers50 como  uma das principais pensadoras do mundo  dos negócios. 

Trecho:
“Em    um  ambiente de alto desempenho, pagar salários acima do mercado é mais econômico a longo prazo. É melhor ter salários um pouco mais altos do que o necessário, dar um aumento antes que o funcionário peça  e aumentar seu salário  antes que ele comece a procurar outro emprego, a  fim de atrair  e manter os melhores talentos do mercado ano após ano. Custa muito mais perder  pessoas e recrutar  substitutos  do que pagar um pouco mais.”
(página 125)
        
O CAMALEÃO DA CULTURA   
De autoria do jornalista Tom Cardoso, “Outras palavras: seis vezes Caetano” reúne depoimentos, entrevistas e uma extensa pesquisa para apresentar ao leitor brasileiro o retrato múltiplo de Caetano Veloso, considerado o camaleão da cultura popular brasileira.  O livro fala sobre o espírito de liderança de Caetano, sua música, sua independência intelectual e sua importante capacidade de manter-se em evidência por décadas a fio. 

BIOGRAFIA DE CHICO XAVIER     
“As vidas de Chico Xavier,”  biografia  escrita  pelo jornalista Marcel Souto Maior,  fala sobre o famoso médium brasileiro,  considerado um santo pelos seus admiradores mais fervorosos. Chico publicou mais de 500 livros e foi eleito, em 2002,  como um dos brasileiros mais importantes do século XX, tendo sido inclusive indicado para o Prêmio Nobel da Paz. 

Leituras:
“Humilde é aquela  pessoa que  sabe que não sabe tudo, que sabe que outra pessoa sabe o que ela não sabe, que ela e outra pessoa saberão muitas coisas juntas, que ela e outra pessoa nunca saberão  tudo o que pode ser sabido.”
(Mário Sérgio Cortella, nascido em Londrina, interior do Paraná, filósofo, escritor, educador, palestrante e professor, autor de vários livros, entre eles o sucesso de vendas “Por que fazemos o que fazemos”).

Destaques:
GUIA CAMBRIDGE DE SHAKESPEARE

\
Autor:
Emma Smith         

A obra de William Shakespeare (1564-1616) é tão incontornável  quanto são variadas as informações  e interpretações sobre seus trabalhos. Para uns, Shakespeare  é o grande nome das letras inglesas.  Para outros,  um dos maiores gênios de todos os tempos. Para alguns, o inventor da condição humana. O objetivo deste livro é facilitar o acesso às suas obras. É um guia de referência  que abrange cada uma das peças do autor, além dos sonetos, poemas e textos em elaboração. 
L&PM Editores.  283 páginas. R$ 52,00.    
                                                           
MEIO MAGMA, MEIO MAGNÓLIA          

\
Autora:  Yara Fers                

Nascida em Ribeirão Preto (SP),  Yara Fers já morou na Bahia e hoje habita o Ceará.  Publicou  “Sádica Sílaba” (2021), pela Editora Patuá, e  de forma independente  e  artesanal os livros “Desmecanismos” (2021) e “Haicactos e mandacarus” (2022).  Foi premiada em concursos literários, entre eles o Prêmio Off Flip 2022, no qual ficou em terceiro lugar, e o Concurso Tâmaras 2021, com a conquista do quarto lugar. Feminista, revolucionária,  Yara  gosta de morar perto do mar e  de guardar flores em livros. 
Editora Penalux.  70 páginas.              

(As obras apontadas  no Blog dos Livros  podem ser encontradas   junto à Revistaria e Livraria Nascente,  na Rua Saldanha Marinho,   1423, Cachoeira   do Sul)          

\

19/08/2022 09:10

Super-heróis diferentes

12/08/2022 08:50

Relações com afeto

29/07/2022 08:55

Decisões no mundo de hoje

22/07/2022 08:45

Diálogo por cartas

15/07/2022 08:15

Reconhecendo fenômenos

08/07/2022 08:45

Um clássico atualizado

01/07/2022 09:00

Uma mulher excepcional

24/06/2022 08:50

Cuidado materno

17/06/2022 09:00

Um clássico radical

10/06/2022 08:50

Deixando coisas para trás

03/06/2022 08:55

Afeto de mãe

27/05/2022 08:47

Uma fábula inspiradora