Mundo normal primitivo

02/05/22 às 09h00



Os Espíritos constituem um mundo à parte, fora daquele que vemos?
- “Sim, o Mundo dos Espíritos ou das inteligências incorpóreas.”

Qual dos dois, o Mundo Espírita ou o mundo corpóreo, é o principal, na ordem das coisas?
- “O Mundo Espírita, que preexiste e sobrevive a tudo.”

O mundo corporal poderia deixar de existir, ou nunca ter existido, sem que isso alterasse a essência do mundo espírita?
- “Decerto. Eles são independentes; contudo é incessante a correlação entre ambos, porquanto um sobre o outro incessantemente reagem.”

Ocupam os Espíritos uma região determinada e circunscrita no Espaço?
- “Estão por toda parte. Povoam infinitamente os espaços infinitos. Tendes muitos deles de contínuo a vosso lado, observando-vos e sobre vós atuando, sem o perceberdes, pois que os Espíritos são uma das potências da Natureza e os instrumentos de que Deus se serve para execução de seus desígnios providenciais. Nem todos, porém, vão a toda parte, por isso que há regiões interditas aos menos adiantados.”

Estas questões estão em “O Livro dos Espíritos”, dos números 84 ao 87, nos dando a conhecer que nosso mundo original é o Mundo Espírita. De lá viemos e para lá voltaremos após o término de nossa vida corpórea ou material. Portanto, todos somos Espíritos, momentaneamente habitando corpos físicos para termos esta vida de relação, que nos proporciona o aprendizado necessário à nossa evolução.

Sintonia vibracional
Estamos constantemente em sintonia, nós, os encarnados, e eles, os desencarnados. A mente é fonte criadora, emitindo ondas positivas ou negativas, trazendo benefícios ou malefícios àqueles que se lhe sintonizam e para si própria.

A frase popular que diz: “Diga-me com quem andas e te direi quem és” poderia ser trocada por “Diga-me o que pensas e te direi com quem andas”.

Assim como no mundo material temos os bons e os maus, também o é no mundo espiritual. O túmulo não reforma ninguém; cabe a cada um de nós essa modificação positiva, pelo esforço que se emprega para domar nossas más tendências.

Dessa maneira iremos sintonizar com aqueles que pensam como nós. Os encarnados ou os desencarnados.

Por isso o “orar e vigiar” constantemente e a reforma íntima são tão necessários.

16/05/22 às 08h58

Lei de evolução

09/05/22 às 08h50

A vida e a morte