A Loira do Banheiro

09/06/22 às 08h40 - por Gisele Wommer



\

Ela é uma personagem famosa das lendas urbanas brasileiras, muito falada pelas escolas, conhecida por ter assustado vários estudantes. A lenda gira em torno de um ri-tual, um desafio que os estudantes fazem entre si que deve ser realizado sempre nos banheiros de escolas para invocar o espírito da loira.

As regras mudam de região para região, mas a ideia em si é falar algumas palavras repetidas na frente do espelho e puxar a descarga por três vezes, se fizer certinho, ela estará lá, vestida de branco, com sua beleza morta e cheia de algodões no nariz. 

Muitos acreditam na história e outros dizem que não passa de uma invenção in-fantil, sendo que as regras do ritual foram adaptadas da lenda americana Maria Sangren-ta (Conhece? Pauta para Blog).  Mas você sabia que a Loira do Banheiro tem sua origem comprovada e documentada?

Maria Augusta de Oliveira Borges nasceu em São Paulo no final do Século XIX, era filha do visconde de Guaratinguetá e aos 14 anos foi obrigada pelo pai a se casar com um homem muito mais velho. Infeliz naquele casamento forçado, aos 18 anos Maria Augusta vendeu suas joias e fugiu para Paris.  Aos 26 anos faleceu de causas misterio-sas, pois seu atestado de óbito sumiu.

A família trouxe seu corpo ao Brasil, mas até que aprontassem um túmulo a jovem ficou em um caixão de vidro, que podia ser visitado. Foi então que a mãe começou a ter diversas visões da filha, suplicando para que seu corpo fosse enterrado. Tempos depois a filha foi sepultada nas dependências do casarão da família, local que em menos de uma década deu lugar a uma escola.

Sempre houve boatos de que a alma da moça vagava pelos corredores da escola, as pessoas diziam sentir um forte cheiro de perfume feminino antes da aparição. Mas em 1916 um incêndio de grandes proporções destruiu boa parte do prédio, o fogo nunca teve a origem comprovada, então culparam a loira. 

Acredita-se que ela morreu de raiva, doença comum em Paris na época, isso justi-fica sua aparência desgrenhada e o fato de andar pelos banheiros abrindo torneiras para saciar a sede eterna.
 
Curiosidade: Histórias de assombrações em banheiros escolares são famosas pelo mundo inteiro. Lembra a Murta que geme, em Harry Potter?

“Em todas as lendas e mitos sempre há um fator real”. Wagner Souza

23/06/22 às 09h26

O caso Varginha

16/06/22 às 08h30

Um par infernal

02/06/22 às 08h45

O cavalo e o cemitério

26/05/22 às 08h37

Quadros de crianças chorando

12/05/22 às 11h00

Um personagem sombrio

05/05/22 às 08h30

A Caixa de Dibbuk

28/04/22 às 09h00

A garota poltergeist

21/04/22 às 09h36

Os fantasmas do Theatro

14/04/22 às 09h55

A moça do táxi