Blog dos Espíritos

A importância do Evangelho no Lar

27/11/2023 09:21 - por Rosane Sacilotto

O lar e a educação moral
“Quando o ensinamento do Mestre vibra entre as quatro paredes de um tem-plo doméstico, os pequeninos sacrifícios tecem a felicidade comum”. Com esta lição de Emmanuel, temos uma definição do quão importante é a realização do Evangelho em nossos lares, tornando-os pontos luminosos de amor e de ensinamentos de Cristo.

É no lar que os Espíritos se reencontram, sob o mesmo teto, na condição de pais, filhos, irmãos e familiares. Nesse ambiente são oferecidas as oportunidades de novo aprendizado moral, possibilitando aos reencarnados exercitarem-se no campo afetivo, desenvolvendo a fraternidade, a solidariedade e todos os outros sentimentos derivados do amor.

Assim, a função educadora e regeneradora da família é extrema-mente delicada e importante, quando se atribui à reencarnação a oportunidade de ascensão na escala evolutiva, através de novas experiências, no campo intelectual e moral. Daí temos a importância da educação moral dentro de nossas famílias.

Jesus no lar
Mas o que é o Evangelho no Lar? É o estudo do Evangelho de Jesus Cristo reali-zado em família, em comunhão, buscando entendimento e renovação das atitudes, baseando-se, então, nos pilares fortes dos ensinamentos de amor e caridade que o Mestre nos deixou.  

Adquirir esses hábitos salutares de estudo e oração exige coragem e perseve-rança. Atualmente, reunir a família por alguns minutos não é tarefa fácil. Várias con-quistas tecnológicas, como o celular, a televisão e a internet, que chegaram até nós para facilitar a comunicação e a aproximação, acabam se transformando em obstácu-los e elementos de isolamento e separação, muitas vezes sem que possamos perceber. 

Este momento de realização do Evangelho no Lar nos ajuda a reunir a família, pelo menos uma vez por semana, durante alguns minutos, a fim de conhecer e estudar os ensinamentos do Cristo, auxiliando-nos no autoconhecimento e na valorização de Jesus como Mestre, ajudando-nos a trabalhar a convivência fraterna dentro e fora do nosso templo doméstico.

A prática do estudo do Evangelho tem a finalidade e elevar o padrão vibratório e promover uma verdadeira higienização em nossas casas, tornando-as pontos lumino-sos de entendimento, amparo e proteção espiritual.

Roteiro para realização
Para realização do Evangelho no Lar, podemos seguir este breve roteiro: Esco-lher na semana um dia e horário em que a família possa reunir-se durante mais ou menos meia hora. Crianças podem e devem participar e, caso no dia e horário da rea-lização do Evangelho visitas estejam na casa, também podem ser convidadas a partici-par.

Deve-se iniciar com uma prece simples, podendo-se utilizar uma mensagem dos livros auxiliares. A seguir ler uma passagem do Evangelho Segundo o Espiritismo, po-dendo ser ao acaso ou em sequência. Após, realizar o comentário do texto lido e das lições recolhidas, trazendo para o dia a dia e as situações cotidianas. A seguir, deve-se realizar a prece de encerramento, onde pode-se pedir a fluidificação da água, realizar agradecimentos e pedidos, irradiando sempre paz e fraternidade. 

Devemos nos lembrar, porém, que o tempo de realização não deve ultrapassar os trinta minutos e que não devemos nos ater a conversas paralelas e menos edifican-tes, buscando sempre o entendimento da lição recolhida.

Jesus contigo
Joanna de Ângelis, pela psicografia de Divaldo Franco, bem nos ensina a impor-tância da realização do Evangelho para trazermos Jesus para dentro de nossos lares, na mensagem Jesus Contigo: 

“Dedica uma das sete noites da semana ao culto do Evangelho no Lar, a fim de que Jesus possa pernoitar em tua casa. Prepara a mesa, coloca água pura, abre o Evangelho, distende a mensagem da fé, enlaça a família e ora. Jesus virá em visita. Quando o Lar se converte em santuário, o crime se recolhe ao museu. Quando a famí-lia ora, Jesus se demora em casa. Quando os corações se unem nos liames da fé, o equilíbrio oferta bênçãos de consolo e a saúde derrama vinho de paz para todos. Jesus no lar é vida para o lar.

Não aguardes que o mundo te leve a certeza do bem invariável. Distende, da tua casa cristã, a luz do Evangelho para o mundo atormentado. Quando uma família ora em casa, reunida nas blandícias do Evangelho, toda a rua recebe o benefício da comunhão com o alto. Se alguém, num edifício de apartamentos, alça aos céus a prece da comunhão em família, todo o edifício se beneficia, qual lâmpada ignorada acesa na ventania.

Não de afastes da linha direcional do Evangelho entre os teus familiares. Conti-nua orando fiel, estudando com os teus filhos e com aqueles a quem amas, as diretri-zes do Mestre e, quando possível, debate os problemas que te afligem à luz clara da mensagem da Boa Nova e examina as dificuldades que te perturbam ante a inspiração consoladora do Cristo. Não demandes à rua, nessa noite, senão para ine-vitáveis deveres que não possas adiar. Demora-te no Lar para que o Divino Hóspede aí também se possa demorar.

E quando as luzes se apagarem, à hora do repouso, ora mais uma vez, comun-gando com Ele, como Ele procura fazer, a fim de que, ligado a ti, possas, em casa, uma vez por semana em sete noites, ter Jesus contigo.

FRANCO, Divaldo Pereira – Joanna de Ângelis – “Messe de amor”;
Xavier, Francisco Cândido – Emmanuel – “O Consolador”;
Federação Espírita Brasileira – material de divulgação Evangelho no Lar e no Coração.

Faça seu login para comentar!