Blog dos Livros

Reconhecendo fenômenos

15/07/2022 08:15 - por Mildo Fenner

Aprender a reconhecer fenômenos atmosféricos e  a lidar com eles pode ser um desafio na infância. Um importante aliado de pais, responsáveis e professores  nessa jornada com os pequenos é o livro “A nuvem” (Editora FTD Educação, 24 páginas, R$ 33,00), de autoria do renomado  escritor francês  Claude Ponti com tradução  de Zeca Baleiro. 

A   obra  ajuda,  de   um jeito divertido e repleto de fantasia,  a ensinar  os cuidados  que se devem ter com as mudanças  de tempo: quando chove, precisamos de guarda-chuvas; quando esfria, vestimos roupas que nos aquecem; quando faz sol, podemos precisar de óculos escuros; e  assim por diante. “A nuvem” é indicado para crianças   da educação infantil  e  em fase de alfabetização.  O livro favorece o letramento literário e  artístico, por meio da fruição da leitura,  e  estimula as crianças a perceberem a sonoridade das palavras,  contribuindo, desse modo, para um processo de alfabetização dinâmico e  dialógico.

A história narra mais  uma aventura dos pintinhos  Trompolina e Fubazim, que se divertem brincando de “meteorolô:”  conforme usam determinadas roupas e  acessórios, como gorro de lã e guarda-chuva, os irmãos fantasiam as condições meteorológicas correspondentes, fazendo nevar, chover, cair granizo e  ventar.  E, quando a  brincadeira  vira um desentendimento,  o tempo fecha de vez  e os dois precisam da ajuda do papai-galo para dissipar a  tensão atmosférica.

Com a coleção “Trompolina e Fubazim,” a Editora FTD Educação apresenta, em primeira mão  ao público brasileiro, as obras de Claude Ponti, um dos mais importantes autores de literatura infantil da França, com mais de 70 títulos publicados.  Para manter o humor, a  riqueza do jogo de palavras e  a poesia do texto original,  a  edição brasileira conta com a criatividade e o domínio da Língua Portuguesa do compositor e  escritor  Zeca Baleiro.  A coleção reúne os seguintes títulos: “A caixa,” “O pesadelo,”  “Os espinafres,” “As máscaras,” “O irmãozinho” e, agora,  “A nuvem.”

Claude Ponti nasceu  em 1948 em Lunéville, região de Lorena, na França. Estudou seis meses na Escola de  Belas Artes de Aix-em-Provence e cursou um período de Letras Modernas na Faculdade de  Tradução de Estrasburgo.  Em 1986,  publicou pela Editora  Gallimard  seu  primeiro livro infantil, “L’Álbum d’Adele,” dedicado  à filha.  Desde então, é um dos autores infantis  mais destacados  da  França. 

O tradutor Zeca Baleiro nasceu   em 11 de  abril de 1966, em São Luis do Maranhão. Iniciou a   carreira artística musical nos anos 1980, participando de festivais e compondo músicas para peças de  teatro infantil. Artista multifacetado, dedica-se também à literatura e à dramaturgia, com quatro livros publicados e dois espetáculos   teatrais. 

Trecho:
“Trompolina e Fubazim  resolveram
Brincar de meteorolô.
Fubazim abre o guarda-chuva,
E logo vem uma tempestade.
Trompolina se chateia,
Está zangada de verdade.”
(página 4)
        
O SUCESSO DA BIENAL   
A 26ª. Edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, encerrada no último domingo,  foi um sucesso, segundo os organizadores. Promovida   pela Câmara Brasileira do Livro e pela RX, a Bienal  recebeu 660 mil visitantes, número 10 por cento superior ao público da edição de 2018. Além do recorde de público, a feira  teve 1.500 horas de programação cultural diversa, com uma demanda apurada de sete livros por pessoa. 

HISTÓRIA DA RÚSSIA  
“Um país terrível” (Editora  Todavia, 416 páginas, R$ 94,90), de autoria de Keith Gessen,  reflete com sensibilidade sobre a história da Rússia contemporânea,  um país em guerra constante   com seus vizinhos e que desafia a compreensão do ocidente. A história é de Andrei, que mora em Nova Iorque desde criança até que seu irmão o convoca a  voltar a Moscou para cuidar da avó que está à beira da demência.  Sob o pano de fundo de um país em ebulição,  surgem histórias da família  de Andrei e um sentimento de inadequação  e intensidade de escolhas.

Leituras:
“Só    se     pode   viver perto de outro,   e conhecer outra pessoa, sem perigo de ódio, se  a gente tem amor. Qualquer amor já é  um pouquinho de saúde, um descanso na loucura.”
(João    Guimarães    Rosa  (1908-1967),   poeta, diplomata,    novelista,    romancista,    contista     e   médico brasileiro,  considerado por muitos o maior escritor  brasileiro   do  século  XX   e um dos maiores de todos os tempos).

Destaques:
É ASSIM QUE ACABA  
     

\
Autora: Colleen Hoover      

Com um livro  ousado e   extremamente  pessoal, Colleen Hoover conta  uma história  arrasadora,  mas também inovadora.  Uma narrativa inesquecível  sobre um amor que custa caro demais.  A autora  é best-seller do New York Times  por livros como  “Métrica,” “Essa garota,” “Pausa,”  “Um caso perdido,” “Sem esperança,” “Em busca de Cinderela,” entre outros. Ela mora no Texas com o marido e os três filhos. 
Editora Galera. 366 páginas. R$ 38,90.  
                                                         
O SILÊNCIO DAS FILHAS      

\                    
Autora: Jennei Melamed      

Fanatismo e intolerância  se perpetuam há várias  gerações e regem a vida das mulheres da ilha,  que são controladas  pelos patriarcas.  O destino não lhes  pertence.  Até que um dia a pequena  Caittin testemunha  uma cena chocante e não consegue mais ficar em silêncio em relação aos seus sentimentos. A autora é enfermeira  psiquiátrica especializada no tratamento de crianças  traumatizadas. 
Editora Rocco. 381 páginas. R$ 49,90.             

(As obras apontadas  no Blog dos Livros  podem ser encontradas   junto à Revistaria e Livraria Nascente,  na Rua Saldanha Marinho,   1423, Cachoeira   do Sul) 
\           

25/11/2022 08:47

Histórias para dormir

18/11/2022 08:58

Sátira sobre o Brasil

11/11/2022 09:41

Obra premiada

28/10/2022 08:59

Sensível e comovente

21/10/2022 08:30

História de sucesso

30/09/2022 09:40

Amor à música

23/09/2022 09:05

Para pensar o Brasil

09/09/2022 08:42

Mulheres entre luz e sombra