Réveillon no cemitério

30/12/21 às 08h45



\

Você já decidiu onde vai passar a virada do ano? Em algumas cidades do Chile o local já está pré-determinado há muitos anos. Em Talca, por exemplo, é tradição de réveillon reunir toda a família, até mesmo aqueles que já se foram. E se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé? Isso mesmo, a virada do ano acontece nos cemitérios. Só de falar naqueles que já se foram e seu local de repouso eterno, nossa mente, automaticamente, nos remete a tristeza, sofrimento e coisas que evitamos pensar, mas o pensamento dos chilenos não funciona exatamente assim, afinal, o réveillon é uma festa.

E os chilenos não dispensam o bom espumante, o brinde, as músicas favoritas. O cemitério municipal de Talca chega a receber 5 mil pessoas na noite da virada. Elas enfeitam os túmulos com flores e velas, decoram as sepulturas de seus familiares e esperam a meia noite chegar. Depois brindam, cantam, dançam, bebem e celebram o novo ano, tranquilamente, em seu costume um tanto bizarro aos olhos do restante do mundo.

É festa no cemitério. E pode fazer barulho? Costumamos a associar os cemitérios como locais silenciosos porque os conhecemos assim, mas talvez os chilenos pensem que os mortos já ficam quietos por tempo demais. Na noite da virada, a música rola solta em caixas de som portáteis, no repertório: as favoritas do falecido. Você participaria desta festa?

\

Há pouco tempo um cemitério era considerado um local de repouso para os mortos, nada mais. Há quem tenha aversão e evite aos extremos entrar em algum deles. Mas a verdade é que cemitérios narram histórias e preservam arquitetura. Muitas cidades já possuem visitas guiadas a estes locais sagrados, como atração turística. Na lista de observação: esculturas, sepulturas de vultos históricos ou pessoas famosas, arquitetura e tantas histórias que jamais morrerão enquanto alguém estiver contando. Um dos túmulos mais visitados do planeta é o da portuguesa Inês de Castro, conhece a lenda da rainha morta? Fico no compromisso de apresentar aqui. 

Bem, leitor, provavelmente você não vai passar a virada do ano em um cemitério, mas agora já sabe que muitas pessoas farão isso. Um feliz 2022, vem muito mais mistério por aí! 

Curiosidade: Várias cidades chilenas esperam o Ano Novo em cemitérios, mas em Talca o costume reúne o maior número de pessoas e já é celebrado há 30 anos. É tradição que a abertura da cerimônia seja feita pelo prefeito. 

“Os mortos são uns invisíveis, e não uns ausentes.” Victor Hugo.

20/01/22 às 08h20

A idade do terror

13/01/22 às 10h00

A Benzedeira

06/01/22 às 08h30

A Lenda da Lagoa

23/12/21 às 08h20

Fantasmas Natalinos

09/12/21 às 13h15

AS NOIVAS DE RIO PARDO

02/12/21 às 08h20

GATO PRETO DÁ AZAR?

25/11/21 às 08h40

Um novo blog no ar