Blog Do Mistério

Cemitérios Virtuais: uma nova forma de conexão com aqueles que se foram

18/04/2024 10:56 - por Gisele Wommer

Com o avanço da tecnologia, uma nova forma de honrar e lembrar os entes queridos falecidos está emergindo: os cemitérios virtuais. Essas plataformas online estão criando redes digitais que permitem aos usuários visitarem e interagirem com os perfis dos falecidos, enviando mensagens de saudade e até mesmo deixando flores virtuais. Um exemplo é o cemitério Lê Cimetiere, na França, que já possui mais de 10 mil tumbas virtuais, incluindo personalidades como escritores, artistas e figuras históricas.

Esses cemitérios virtuais funcionam como uma espécie de memorial digital, onde os usuários podem encontrar perfis de pessoas famosas, como escritores renomados, artistas icônicos e até mesmo celebridades do esporte, como o piloto brasileiro Ayrton Senna. Os perfis desses falecidos podem ser personalizados com imagens e mensagens, permitindo que amigos e familiares deixem homenagens virtuais.

Mas nem só de famosos vive o mundo. Já se fala e existem recursos para que qualquer pessoa possa criar uma sepultura virtual para outra. Ainda não é muito usual e como será a veracidade do falecimento, não se sabe. Se dará certo é mais uma incógnita.

Além do cemitério Lê Cimetiere, outras plataformas, como o Campa Virtual em Portugal e o Find a Grave nos Estados Unidos, oferecem serviços semelhantes, permitindo que os usuários encontrem túmulos de entes queridos em cemitérios reais ao redor do mundo. Essas iniciativas estão criando uma nova maneira de lidar com a perda e preservar as memórias daqueles que partiram, conectando pessoas de diferentes partes do mundo em uma rede de homenagens virtuais.

Embora algumas opções desses cemitérios virtuais possam ser pagas, como adicionar fotos extras aos perfis dos falecidos, muitos oferecem serviços gratuitos, como a possibilidade de enviar flores virtuais e deixar mensagens de condolências. Essas plataformas estão se tornando cada vez mais populares, representando uma evolução na forma como a sociedade lida com a morte e como mantém viva a memória daqueles que já se foram, além, é claro, da ascensão permanente da tecnologia.

Um túmulo virtual. Já tinha pensado nisso, leitor?

Faça seu login para comentar!
16/05/2024 09:47

O castelo de Bran

02/05/2024 16:22

A lenda do Barba Ruiva

11/04/2024 11:18

A expedição Franklin

04/04/2024 09:47

Otzi, o homem do gelo

28/03/2024 09:20

O festival de Ostara

21/03/2024 08:49

O hospital das Cinco Chagas

14/03/2024 09:45

O Wendigo

07/03/2024 09:30

A Dama da Noite

22/02/2024 09:35

A vila dos loucos