Blog dos Espíritos

O grão de mostarda

19/02/2024 09:32 - por Rosane Sacilotto

As lições do Mestre
Iniciamos nossas reflexões lembrando a passagem do Evangelho de Mateus, capítulo 17, versículos 14 a 20: “Quando ele veio ao encontro do povo, um homem se lhe aproximou e, lançando-se de joelhos a seus pés, disse: Senhor, tem piedade do meu filho, que é lunático e sofre muito, pois cai muitas vezes no fogo e muitas vezes na água.

Apresentei-o aos teus discípulos, mas eles não o puderam curar. — Jesus respondeu, dizendo: Ó raça incrédula e depravada, até quando estarei convosco? Até quando vos sofrerei? Trazei-me aqui esse menino. — E tendo Jesus ameaçado o demônio, este saiu do menino, que no mesmo instante ficou são. — Os discípulos vieram então ter com Jesus em particular e lhe perguntaram: Por que não pudemos nós outros expulsar esse demônio? — Respondeu-lhes Jesus: Por causa da vossa incredulidade. Pois em verdade vos digo, se tivésseis a fé do tamanho de um grão de mostarda, diríeis a esta montanha: Transporta-te daí para ali, e ela se transportaria, e nada vos seria impossível”.

Nesse episódio, narrado por Mateus, Jesus toma dois símbolos de tamanhos tão opostos para nos ensinar sobre o poder da fé, que mesmo sendo tão pequena quanto uma semente de mostarda, se for verdadeira e raciocinada pode remover as montanhas do egoísmo, do materialismo, do orgulho e da ignorância, os grandes males da humanidade, que ainda se encontra em estágios primários de evolução.

Reflexões do Evangelho
O Evangelho Segundo o Espiritismo continua as reflexões desta passagem, complementando: “No sentido próprio, é certo que a confiança nas suas próprias forças torna o homem capaz de executar coisas materiais, que não consegue fazer quem duvida de si. Aqui, porém, unicamente no sentido moral se devem entender essas palavras. As montanhas que a fé desloca são as dificuldades, as resistências, a má vontade, em suma, com que se depara da parte dos homens, ainda quando se trate das melhores coisas.

Os preconceitos da rotina, o interesse material, o egoísmo, a cegueira do fanatismo e as paixões orgulhosas são outras tantas montanhas que barram o caminho a quem trabalha pelo progresso da humanidade. A fé robusta dá a perseverança, a energia e os recursos que fazem se vençam os obstáculos, assim nas pequenas coisas, que nas grandes. Da fé vacilante resultam a incerteza e a hesitação de que se aproveitam os adversários que se têm de combater; essa fé não procura os meios de vencer, porque não acredita que possa vencer”.

O poder da fé
Podemos entender por fé a confiança e a crença que temos em algo para a realização de um determinado feito. A fé nos dá a certeza de chegarmos e de conseguirmos o que almejamos, nos fazendo percorrer a caminhada com segurança. A fé raciocinada, verdadeira e sincera é sempre serena, paciente, calma, porque compreende o porquê das coisas, sabe o que esperar e o que alcançará. Já a fé vacilante não tem certeza e por isso pode revoltar-se. A verdadeira fé é humilde, pois reconhece que nada pode sem Deus, sabendo de sua pequenez diante da grandeza do reino do Pai e de seus desígnios.

Em nossa existência terrena precisamos entender que não é questão de grandes demonstrações de fé, mas sim das doses diárias e simples de fé raciocinada e verdadeira, seguindo os princípios pelos quais fomos guiados pelas lições e exemplos de Jesus Cristo. Vivenciando as lições do Evangelho na busca do melhoramento e da reforma íntima, pautando nossas vidas na caridade e no amor a Deus, a nós e ao próximo. Desta forma, todas as montanhas das dificuldades, do orgulho e do egoísmo serão transportadas para longe, se ativarmos nossa pequena fé, pois mesmo que ela seja do tamanho de um grão de mostarda, com Deus e Jesus ela será poderosa.

KARDEC, Allan. "O Evangelho Segundo o Espiritismo".

Faça seu login para comentar!
06/05/2024 10:15

A fé e a caridade

29/04/2024 09:50

Esquecimento do passado

22/04/2024 08:43

Provas e expiações

15/04/2024 10:00

Autoridade de Jesus

08/04/2024 11:33

A porta estreita

25/03/2024 11:01

Deus e o Espiritismo

18/03/2024 10:45

O verdadeiro espírita

11/03/2024 09:40

Fé raciocinada

04/03/2024 09:42

O passe espírita